24.11.09

Melt-Banana - Bowery Ballroom (NY)

Fiéis leitores! Conseguimos a incrível façanha de credenciar um intrépido correspondente internacional em alguns deliciosos shows nessa semana em Nova Iorque. O querido Alex Laner (@rootsh) é nosso enviado especial nas apresentações de Melt-Banana, Meat Puppets e Pixies, direto das mais nobres casas nova-iorquinas. Coisa chique, meus amigos.

O primeiro texto enviado agora há pouco foi sobre a barulheira feita ontem a noite pelos japoneses do Melt-Banana, no Bowery Ballroom. Certamente o primeiro e provavelmente o único site brasileiro a falar da turnê deles pela América. Curtam aí um jeito bacana e diferente de contar como foi a apresentação.

*******************************************************************************

Um perdido em NYC no show do Melt-Banana

Melt Banana 23/11/2009
Bowery Ballroom
6 Delancey St
New York

Por Alex Laner

A ida para o show foi uma aventura. De onde estou, na 106th St (ao lado do Central Park), bastou pegar o metrô B até a Grand Station. Ao descer do vagão senti um cheiro de peixe muito forte, achei bastante estranho e quando sai me vi na China: tudo era escrito em chinês e só chineses descendo e subindo da estação.

Era só seguir o que o Google Maps me disse, mas, perdido que sou, acabei andando umas dez quadras (quando na verdade teria que andar apenas uma). Sem querer, achei uma loja de guitarras maravilhosa no caminho, mas que adianta comprar se não sei tocar nada?

Cheguei enfim ao Bowery Ballroom e olhando de fora achei o lugar pequeno. Para entrar bastou apresentar meu passaporte, pois já havia comprado o ingresso antecipadamente pela Ticketmaster. Resolvi tomar alguma coisa e descobri algo desagradável: a cerveja é caríssima nessa cidade. Cada uma custava US$ 7,00 e o ingresso do show era apenas US$ 15,00.

Ao abrirem as portas, logo na entrada havia um cara de máscara vendendo camisetas, bottons, cds e demais apetrechos do Melt-Banana. Acabei comprando uma camiseta e um botton; como não tinha meu tamanho, alguém vai ganhar um presente...

Soube já lá dentro que haveria uma banda de abertura, que não havia sido divulgada. Entraram no palco em total silêncio, pegaram os instrumentos e continuaram mudos. O vocalista colocou a boca no microfone, mas continuou sem dizer nada, apenas fez uma “capelinha” e então começou uma barulheira infernal. A banda bem que poderia ser instrumental, já que era apenas o vocalista berrando e uma pauleira de instrumentos ao fundo, lembrando um final de show do Sonic Youth.

Ao final do primeiro show os equipamentos do Melt-Banana começam a aparecer. Cadê os roadies? Imaginava que uma banda japonesa fazendo show em outro país traria seus roadies. Que nada! Eles mesmos montavam o palco.

Logo que começaram a tocar, um barulho ensurdecedor feito pelas guitarras de Agata. tomou o lugar. Bom demais! E a galera em peso começou a se trombar, se bater e a pular sem parar com o pesadíssimo som feito pelos quatro japoneses. Ganhei até um pisão no pé de presente. Durante as trocas de músicas a vocalista, Yasuko, parecia imitar um gato. Era o que dava a entender, com aquela voz estridente e a barulheira toda do lugar.

Ainda consegui gravar os 4 primeiros minutos do show, mas um segurança chegou dizendo coisas que eu não entendia. Respondi que não falava inglês e ele só gritava: “no vídeo, no vídeo!”. Pelo menos tirei algumas fotos (sem flash) que em breve mando pra vocês.

Se quiser conhecer um pouco mais do som deles é só dar uma passada no Myspace ou curtir esse vídeo aqui embaixo:



melt-banana bowery ballroom review

2 comentários:

Luiz Otavio disse...

Boa Saponácio!!!!

Danilo: gosto do seu blog. Nem sempre há posts com bandas que eu gosto. Por outro lado, há outros de bandas que gosto muito; isso já vale. Sei, todavia, do viés jornalístico que o impede de agradar a todos. De mais a mais, meu gosto musical é difícil mesmo. Você é meu amigo e eu leria de qualquer jeito.

Neste mommento, sinto-me confortável para lhes dizer que Meltbanana é uma das melhores que já tive oportunidade de escutar.

Há muito ressentia um post sobre eles. Tardou.

Parabéns!!!!!

Ah. Sapo! A camiseta é minha!!!!!!

Abraço

gui

gaiotto disse...

fala gui

essa japonesada realmente é do capeta!

tivemos que esperar o Sapo ir pra NY pra falar deles por aqui. mas valeu a pena a espera!

esse nosso correspondente internacional é chiquérrimo!

abração